A Análise de Discurso e Produção do Conhecimento sobre os Direitos Sociais

Helenara Silveira Fagundes, Vera Maria Ribeiro Nogueira

Resumo


O debate sobre a produção do conhecimento em ciências sociais apresenta uma questão de fundo, que é o seu próprio objeto de estudo, distinto das ciências físicas e naturais, incorporando outra lógica na apreensão empírica e possibilidades analíticas dos fenômenos estudados. O objetivo deste documento é elucidar a viabilidade da análise de discurso como uma das ferramentas heurísticas que permitem o resgate dos aspectos sociais do debate sobre direitos sociais, considerando as diversidades discursivas próprias destes espaços. As atuais perspectivas de estudo sobre os direitos trazem, em sua essência, a questão da diversidade, visto que há que se pensar em como as comunidades econômicas, culturais, sociais e epistêmicas apreendem e influenciam os aspectos variados envolvidos no tema. Estas alterações implicam em novos dispositivos para se produzir conhecimentos acerca desta temática. O uso da análise do discurso, análise de conteúdo, como instrumento para coleta de dados em pesquisas qualitativas pode colaborar decisivamente com tal produção. Busca, ainda, evidenciar como a análise de discurso torna evidentes as relações entre produção do conhecimento e direitos marcando o lugar da ideologia nos discursos e nas práticas nestes processos.


Palavras-chave


Direitos sociais; pesquisa qualitativa; análise de discurso

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)