A Família e o Foco nas Mulheres na Política de Assistência Social

Cássia Maria Carloto, Silvana Mariano

Resumo


A proposta deste trabalho é discutir como as ações das políticas públicas, no âmbito da assistência social que elegem a centralidade na família como diretriz, contribuem para mudanças ou reforçam as desigualdades de gênero. O que nos tem chamado a atenção é que, no processo de gestão, na operacionalização do serviços, programas e projetos que tem a família por diretriz e foco, a mulher-mãe ainda é e continua sendo a interpelada para a participação nas atividades desenvolvidas pelo cumprimento dos critérios de permanência nos programas. As reflexões tem por base pesquisas por nós coordenadas, desenvolvidas entre 2003 e 2001. Os estudos revelam como essas ações interferem no modo como são produzidas e reproduzidas as relações de gênero, de modo a conservar padrões de subordinação ou a contribuir para o empoderamento.


Palavras-chave


gênero e políticas públicas; gênero e família, gênero e assistência social

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)