Sistemas de proteção social capitalista e a política de Assistência Social: implicações das contrarreformas brasileiras

Poliana de Oliveira Carvalho, Solange Maria Teixeira

Resumo


Este artigo visa analisar a proteção social capitalista materializada em diferentes modelos de sistemas de proteção social, em especial, no contexto europeu, americano e latino-americano. Bem como, a política de Assistência Social, especialmente na contemporaneidade, no cenário brasileiro, marcado por contrarreformas e suas implicações no tardio sistema de proteção social e naquela política especificamente. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e de um artigo teórico, com metodologia qualitativa e amostragem não-probabilística e de escolha intencional dos textos que foram utilizados como fundamentação, escolhidos por critérios de atender aos objetivos da pesquisa e ter uma fundamentação e análise crítica do atual cenário brasileiro. Conclui-se que essas contrarreformas vêm promovendo um desmonte acelerado do sistema de proteção social instituído com a CF/88, especialmente da Política de Assistência Social.


Palavras-chave


Proteção Social. Sistema de Bem-Estar Social. Assistência Social no Brasil.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)