Mulher-Mãe: passaporte da família para a Política de Assistência Social

Carolina de Oliveira Siqueira, Natália Soares Ribeiro

Resumo


O presente trabalho se propõe a analisar, por meio de uma revisão de literatura, como a atual centralidade da família na Política de Assistência Social se tornou a própria centralidade da mulher em decorrência do seu papel, historicamente construído, estar atrelado ao cuidado. Assim, busca levantar a discussão acerca da formulação de um conceito de família, as conquistas femininas, as modificações do seu papel ao longo dos anos de maneira a ressaltar as contribuições e ambiguidades que esse cariz central implica.


Palavras-chave


Gênero, Política de Assistência Social, Família

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

Qualis: B2 (Serviço Social), B5 (Direito), B2 (Interdisciplinar) e B4 (Enfermagem)